O Centro de Pesquisa em Virologia da FMRP-USP

O CPV reside em um prédio novo, com mais de 1000 m 2 , onde trabalham 5 docentes-pesquisadores e aproximadamente 50 alunos de graduação, pós-graduação, estagiários e funcionários. Para a construção do prédio do CPV, de parte da USP e da Fundação Maniglia, e de parte da FAPESP, que permitiu construir em seu interior os laboratórios nível de biossegurança 3 (BSL3) e adquirir um trailer -laboratório, foram gastos recursos da ordem de cinco milhões de reais. Resultou que, com sua infra-estrutura, o CPV trata-se, provavelmente, do único prédio em faculdade de medicina no Brasil a dedicar-se a pesquisas, ensino e assistência diagnóstica focando a Virologia e dispondo, para tanto, de condições só possíveis em países de primeiro mundo, como é o caso dos Laboratórios BSL3 e do trailer -laboratório. O CPV iniciou formalmente suas atividades no segundo semestre de 2007 com o reconhecimento do Centro, como Multidepartamental, por Colegiados da FMRP e da USP.

O CPV conta em seu pavimento térreo com escritório, sala para pós-graduandos, sala de aula, reuniões e biblioteca, sala refrigerada para freezers , salas individuais para extração de ácidos nucléicos, PCR, eletroforese reveladora de amplicons , clonagem e seqüenciamento nucleotídico. Também, possui uma sala ampla onde funciona o Laboratório de Virologia do Hospital das Clínicas. Ainda, conta com biotério em condições adequadas de proteção, para trabalho com patógenos como os vírus do dengue, os da febre amarela vacinal e outros Flavivirus, bem como outros arbovírus dos gêneros Alphavirus e Orthobunyavirus . No segundo pavimento, existem áreas de laboratório e escritório para 4 docentes, uma área para cultivo celular com 3 salas onde poderão ser inoculados vírus permitidos para trabalho em nível de segurança 2. Também, neste andar, se encontra laboratório BSL2, com 40 m 2 , contendo antecâmara, equipamentos de ar condicionado e de sucção do ar com filtragem. Finalmente, o CPV dispõe de uma área com mais de 200 m 2 (incluindo o 1 o andar e o andar técnico superior) para os Laboratórios nível de segurança 3 (BSL3).

Os Laboratórios BSL3 são informatizados, dispondo, no corredor da entrada, de computadores que mostram as condições de temperatura (21 o C) e pressão negativa nos corredores (-30 Pascais) e em cada um dos 3 Laboratórios (- 40 Pascais). Também, computadores informam sobre o funcionamento das máquinas de ar condicionado, das bombas sugadoras de ar e de seus respectivos filtros. Um 2 o computador mostra imagens obtidas por câmeras situadas em todos os Laboratórios e outras dependências relacionadas ao BSL3. A entrada nestas dependências é restrita e somente permitida com senha. No vestiário de entrada, o pesquisador deve remover toda a roupa e vestir macacão próprio e sapatilhas especiais. Já vestido com estes trajes, o pesquisador entra no corredor interno onde veste máscaras fechadas e ventiladas com ar purificado em filtro HEPA (filtro para vírus). A entrada em cada um dos 3 laboratórios, um deles dedicado à pesquisa com animais, também, é restrita (autorizada com senha). Os 3 Laboratórios dispõem de bancadas de aço inox, cabinas de fluxo laminar, estufas, microscópios, computadores conectados à internet, telefones e outros equipamentos. Após o trabalho, o material utilizado é autoclavado inclusive, a água de esgoto. Ao final, o pesquisador adentra o vestiário, remove os trajes de trabalho, toma banho e veste suas roupas na saída. Um gerador de energia mantêm os sistemas em funcionamento quando cai a energia eléctrica. O CO 2 é canalizado e um elevador monta-cargas comunica o 1º andar ao térreo.

Ainda, o CPV dispõe de um trailer -laboratório e camioneta rebocadora, para trabalhos de campo, são usados na captura e coleta de roedores.

© 2008 Centro de Pesquisa em Virologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP